A inflamação é um mecanismo de defesa no corpo

O sistema imunológico reconhece substâncias estranhas no nosso organismo e inicia o processo de defesa. Quando algo estranho ou prejudicial afeta uma parte do nosso corpo, há uma resposta biológica para tentar removê-lo. Simplificando, uma inflamação é a reação do corpo a danos físicos ou a algum outro irritante e o inchaço é um sintoma que pode ser causado por uma inflamação.

Os sinais e sintomas da inflamação podem ser desconfortáveis, mas são um sinal de que o corpo está tentando se curar. Se esta acontecer de forma aguda (pontual quando necessário) é uma inflamação benéfica, se acontece de forma crónica é prejudicial a nossa saúde.

Quando os glóbulos brancos vão para uma área para combater uma infecção, libertam uma série de substâncias químicas que fazem com que a área inche e muitas vezes se torne sensível.

Sinais externos de inflamação dependem de onde a infeção está localizada, mas podem incluir a área quente ao toque, rígida e inchada.

As causas podem ser muitas e é necessário estar atento a todas elas. Para saberes mais porque isto acontece e como a inflamação pode ser a origem do teu excesso de peso e/ou doença crónica INSCREVE-TE AQUI – Jornada de Workshops Grauitos 👉🏻https://nutricao-funcional-integrativa.pt/workshop-junho-2021/

Causas:

  • O inchaço abdominal ocorre principalmente por desequilíbrios na flora intestinal e/ou má digestão, o que resulta em acumulação de ar ou hipocloridria (falta de ácido clorídrico do estômago).
  • Alergias ou intolerâncias alimentares (em especial a intolerância à lactose e ao glúten, que são frequentes).
  • Flatulência e/ou obstipação.
  • Causas hormonais (fase menstrual).
  • Stresse.
  • Uso de alguma medicação com cortisona.

Prevenir:

  • Incluir na alimentação: Farelo aveia e farelo de arroz, Chucrute, Hidratação, Chás (como dente de leão, alcaçuz, boldo…), Comer mais fibras, frutas e verduras
  • Suplementação como ómega 3 EPA e DHA
  • Cuidar da saúde do intestino
  • Evitar o consumo de alimentos pesados à noite
  • Diminuir o consumo de alimentos ricos em açúcar e gordura, além de alimentos que resultam em sintomas de intolerância, como leite e derivados
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Praticar atividade física de forma regular
  • Beber água durante o dia, cerca de 35 ml/kg

Seleccione um ponto de entrega

×

Hello!

Click one of our contacts below to chat on WhatsApp

× Tira aqui as tuas dúvidas comigo!